Line
Postado em 26/07/2016 às 13:24

Surfista Alagoano promove evento para competir em Portugal

Nathália Conrado - Assessoria

Foto: Rita Moura

Quem vê esse garoto de sorriso fácil, pegando onda na Praia do Francês e competindo Brasil a fora, nem imagina o peso dos seus, apenas 17 anos, na carreira de surfista. Júlio César Cardoso, “o Boca”, como os amigos o chamam, acumula vitórias e é uma grande promessa do surfe brasileiro.

 

Natural de Maceió, Alagoas, Júlio César, descobriu o surfe aos 10 anos de idade observando seus amigos atletas. Sentiu no esporte uma oportunidade de ganhar o mundo com um talento ainda prematuro, mas muito intenso. “Quando surfei pela primeira vez, não tive dúvidas de que este é o melhor esporte do mundo”, disse Júlio, orgulhoso da escolha que fez ainda tão criança.

 

Júlio Cesar, tem como exemplo o surfista alagoano e amigo, Bernardo Pigmeu e o paulista, Felipe Toledo, que hoje compõe a elite do surfe e está entre as grandes revelações do esporte, os chamados “brazilian storm” (tempestade brasileira).

 

“A Praia do Francês é o lugar onde me sinto em casa, onde faço a maior parte dos meus treinos. Águas claras, belíssimas ondas e um visual incrível, porém tenho planos de viajar mais para ter uma visibilidade melhor, pois apesar das nossas excelentes praias, ainda há pouco incentivo para este esporte. Um lugar que me fará evoluir bastante é o Hawaii. Muitas ondas boas, muitas marcas patrocinadoras do surfe e muita mídia, tudo que um competidor precisa. Tenho fé que um dia chegarei lá”, disse o surfista sobre o seu futuro no esporte.

 

No auge dos seus 17 anos, já participou de diversos eventos nacionais e internacionais e acumula vitórias, tais como: 3 vezes vice Campeão Brasileiro; 17 vezes Campeão Alagoano; Vice Campeão Nordestino; 2 vezes Campeão Alagoano Profissional; 2º colocado no Mundial Jr. na Califórnia (categoria Aloha Cup).

 

É por essas e outras vitórias, que “o Boca”, está classificado para participar do Mundial Júnior, no qual é vice líder do sub 18, promovido pela International Surfing Association (ISA), em Azores Island - Portugal.

 

Para dar uma força com as despesas da viagem, Júlio César, seus amigos e apoiadores, realizarão o evento “Quem tem Boca vai ao Mundial” revertendo a bilheteria em fundos, para que ele possa competir nesta etapa tão importante do Mundial Jr, que acaba sendo um caminho alternativo para disputar o qualifying do World Surf League. Disputa que revelou grandes surfistas brasileiros, que hoje fazem parte da elite do surfe, como os campeões mundiais, Gabriel Medina, Adriano de Souza (Mineirinho), e o veterano Kelly Slater. 

 

O evento não poderia ser em outro lugar, acontece no dia 30 de julho, no mais badalado pico de surfe do estado, a Praia do Francês, no Aloha Surf Paradise, que iniciou uma campanha de incentivo em suas redes sociais, para amigos e fãs comparecerem ao evento e usarem a hashtag, #bocanomundial.

 

Entre as atrações do evento voltado para o estilo reggae music, está Luiz de Assis (Luizinho da banda Vibrações), amigo pessoal do Júlio César, que fará o show com a banda Radiola Reggae; banda Sipá, a qual Júlio César também participa; Anauê e Dj Acid Touch.

 

 

Serviço:

Local: Aloha Surf Paradise

Horário: 19h

Ingresso: R$20 (1º lote)

Pontos de venda: Lojas 200 Milhas: Maceió Shopping / Shopping Pátio Maceió e Aloha Surf Paradise

Informações: (82) 99117.7019

 

VejaTambém


comments powered by Disqus