Line
Postado em 10/12/2018 às 12:00

Empreendedorismo feminino é destaque no PEQ/AL em 2018

Algo Mais

O Prêmio Estadual da Qualidade e Competitividade (PEQ/AL) foi entregue na noite da última quinta-feira (29) pelo Sebrae em Alagoas e o Movimento Alagoas Competitiva (MAC) a oito empresas com as melhores práticas de gestão de negócios, voltadas para excelência. As mulheres foram maioria no palco do Espaço Pierre Chalita para buscar seus troféus, tanto como gestoras quanto colaboradoras em equipes vitoriosas.

 

Elas foram especialmente presentes entre as pequenas empresas que compuseram as seis campeãs do Nível I – Primeiros Passos para a Excelência, categoria que congrega as fases iniciais de implantação e maturidade do Modelo de Excelência da Gestão (MEG). Foram vencedoras a Ambimet, Espaço Educar, Farmaderm, Insetofone, MC Marques Distribuidora e Reabilit.

 

Vibrando muito e subindo ao palco com toda equipe, Mayanda Brandão, diretora administrativa da Reabilit, contou a todos os presentes que a empresa cumpria a promessa feita naquele mesmo palco em 2017 e voltava este ano para buscar seu troféu de bicampeã. Ela incentivou todos a continuarem na batalha pela excelência e apontou o ‘grande segredo’ da liderança feminina, que levou tantas empresas àquele palco.

 

“Acredito que somos mais sensíveis e humanas, e temos levado isso para o ambiente empresarial, deixando o clima organizacional mais fluido. A mulher é mais sistêmica, vê o todo e isso ajuda em uma abordagem mais humana do negócio e com a equipe”, revelou Mayanda Brandão.

 

Na categoria Nível II – Compromisso com a Excelência, a vitória da Pise Bem Revestimentos marcou não só a presença de empreendedores sertanejos no palco, mas a prova do crescimento proporcionado pelo trabalho contínuo com o MEG. Campeã do PEQ em anos anteriores no primeiro nível, a equipe Pise Bem pegou seu prêmio comunicando que está abrindo mais uma filial, sua terceira loja.

 

“Eu queria agradecer o trabalho do MAC em trazer esse processo de desenvolvimento contínuo e de gestão de excelência para as empresas, e ao Sebrae em Alagoas, que tem levado as empresas em nosso estado a um nível de categoria nacional. Queria fazer um agradecimento especial à ousadia do Sebrae em ter levado um escritório Regional para o interior, em especial para o sertão, para a cidade de Delmiro Gouveia. Nossa e mpresa do interior está aqui representando e concorrendo com todo o estado, que é grandioso e competitivo”, comemorou Marcelo Patrício, da Pise Bem.

 

Por fim, o Sesi Alagoas foi o campeão da categoria Ouro no Nível III – Rumo à Excelência, mantendo uma tradição de estar sempre presente entre os vencedores do PEQ/AL. Para o superintendente Carlos Alberto Pacheco, esse é o resultado do compromisso de todos com a excelência. “O segredo do sucesso é o envolvimento, a motivação e ter uma equipe comprometida. Isso já está ;, com o decorrer do tempo, se transformando em uma cultura e a ideia agora é crescer e subir essa pontuação”, declarou.

 

O Prêmio Estadual da Qualidade e Competitividade foi criado há 11 anos pelo MAC com o objetivo de reconhecer as organizações públicas e privadas que se destacaram na adoção de práticas de gestão alinhadas aos fundamentos da excelência, alcançando resultados que correspondam às partes interessadas no negócio. Para o seu parceiro de atuação nesses anos, o Sebrae em Al agoas, tal pensamento não deve ser encarado como uma ‘preocupação’, mas como norte para decisões que mantenham a competitividade das empresas.

 

“As organizações de hoje e do futuro só terão sua missão alcançada se não perderem de vista os anseios e desejos de seus clientes e colaboradores, se mantiverem cada vez mais uma relação justa e transparente com seus fornecedores e se estiverem, de fato, inseridas na sociedade como agentes transformadores da realidade local. O Sebrae adotou neste ano o slogan ‘empreendedorismo que transforma&r squo;, e é exatamente nisto que nós acreditamos, na força daqueles que transformam a vida das pessoas e contribuem para o desenvolvimento do nosso país”, exaltou Marcos Vieira, diretor superintendente do Sebrae em Alagoas.

 

Luiz Otávio Gomes, presidente do MAC, ponderou que acreditar nessa transformação é essencial para os empresários alagoanos. Eles, que já vêm investindo na excelência da gestão como posicionamento competitivo no mercado, precisam estar prontos e confiantes para tomar decisões que os coloquem na vanguarda da retomada econômica do país.

 

“No último trimestre, já tivemos um PIB (Produto Interno Bruto) positivo da maior importância e no que acaba em dezembro, também será positivo. Os últimos trimestres de cada ano refletem o primeiro semestre do ano posterior, o que fica claro e evidente que em 2019 teremos um PIB muito mais positivo. Há uma nova áurea no Brasil, os empresários começam a acreditar que nós efetivamente est amos colocando de novo o trem no trilho. O que quero aqui é dizer a todos os empresários alagoanos que mais do que nunca, a gente acredita no estado de Alagoas, no nosso Brasil e que a gente possa fazer investimentos para voltarmos a crescer”, incentivou Luiz Otávio.

 

Representando o governador Renan Filho, o secretário de Estado da Comunicação Ênio Lins também deixou palavras de incentivo a todos os empresários que participaram do PEQ/AL em 2018, especialmente aqueles que ainda não avançaram nas etapas de avaliação, para que persistam em busca da excelência.

 

“A questão da competitividade e da excelência são elementos fundamentais no mundo contemporâneo e isso só se consegue de modo efetivo se tiver estímulo permanente, se as pessoas não se derem por satisfeitas a cada própria vitória, mas procurarem novas vitórias, novos crescimentos, estudarem seus sistemas operacionais e terem como sonho se superarem a cada momento. Um Prêmio como esse, por tanto, é fundamental nesse processo”, afirmou Ênio Lins.

 

Este ano, 204 empresas inscreveram-se no Prêmio Estadual da Qualidade e Competitividade. Após análise dos dados, 55 passaram para a etapa de visita dos avaliadores voluntários e 12 delas chegaram à Banca Julgadora, por deterem as melhores práticas de gestão alinhadas aos fundamentos do MEG da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

 

O PEQ/AL conta com patrocínio do Governo de Alagoas e apoio da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), FNQ e Movimento Brasil Competitivo (MBC).
 

VejaTambém


comments powered by Disqus