Line
Postado em 13/08/2020 às 12:00

Especialista revela como o Marketing Digital pode contribuir para os negócios em meio à pandemia

Algo Mais

Com as restrições físicas impostas durante a pandemia, o consumo mudou rapidamente. Para as empresas, utilizar o Marketing Digital virou questão de sobrevivência. Essa premissa é respaldada por estrategistas digitais reconhecidos no Brasil inteiro, entre eles está o alagoano Rapha Falcão, que é mestre em Inovação e especialista em Marketing.



Ele é criador de um dos maiores perfis de Marketing do Brasil no Instagram, o @dicasdigitais, com cerca de 600 mil seguidores em suas redes e, também, diretor de Comunicação da Confederação Nacional de Jovens Empresários do Brasil (CONAJE).
 

De acordo com Rapha Falcão, antes da pandemia, era possível ver muitos empresários ainda céticos em relação ao poder do Marketing Digital e preferiam continuar com ações apenas no Marketing tradicional. Durante a pandemia, as empresas mudaram essa visão e foram obrigadas a agirem e a se reinventarem.
 

"Esse cenário e o suporte do digital trouxeram uma mudança de crença e valores que antes eram inegociáveis e, agora, passaram a ser discutidos. Como por exemplo, repensar seus modelos de negócios e avaliar se, de fato, era necessário ter tantos funcionários em um ponto físico e como elas fariam para começar no mundo digital, ainda considerado novo para muitas marcas", diz Falcão.
 

O especialista ressaltou, ainda, que as empresas devem começar se planejando, definindo por quais canais elas querem entrar no Marketing Digital. A sugestão é iniciar pelo Instagram, sobretudo para quem quer sentir a tangibilidade desse mercado. O Tiktok, por exemplo, também é uma boa ferramenta para quem tem um público mais jovem. Sites e plataformas de gestão de contatos e captação de leads são muito indicados para quem tem uma estrutura comercial maior. Esses são itens que também ajudam a trazer mais credibilidade à marca. Após todas as definições, é preciso fazer um plano simplificado e colocar as mãos na massa.
 

“A partir do planejamento, é executar a ideia. Não adianta inventar nada mirabolante. Tem que ir para a execução da ideia nas redes sociais e portais de conteúdo, como blog. Outro fator primordial é saber anunciar para encontrar o cliente ideal e, assim, ter um processo de vendas mais direta e segmentada. Na pandemia, os negócios tiveram diminuição significativa de vendas, então, tem que trabalhar essas ações em conjunto”, afirmou.
 

Por onde iniciar uma boa estratégia para ter presença digital?

A boa estratégia começa pelo poder de execução e criação de perfis e canais que ajudem a construir um posicionamento digital da empresa na internet, fator que não é consolidado do dia para noite e pode ser alavancado pela empresa ao planejar, também, uma estratégia de anúncios online ao produzir um bom conteúdo para fazer vendas.


O especialista frisou que na estratégia é importante lembrar de ter canais de comunicação, como o Telegram, para distribuir esse conteúdo e informar à audiência; o Youtube para construção de vídeos mais densos; e o Whatsapp para atendimento.
 

Marketing Digital e E-commerce

Após as estratégias traçadas e postas em prática, se consolidar no mercado em meio à pandemia é um grande desafio. Atuar no E-commerce utilizando o Marketing Digital é importante desde que a empresa tenha uma logística, estrutura de check out, pagamentos e jornada do cliente bem mapeadas. Rapha Falcão também listou outras alternativas.


“Não adianta ter um site legal, fazer a venda e não ter um canal bem definido para a entrega do produto. Se sua empresa for uma prestação de serviço, é um pouco mais tranquilo, porque tem o meio digital e a empresa pode ofertar um curso online, uma mentoria ou um atendimento compatível ao seu negócio. Para produtos, indico outras estratégias, como Marketplace, para cadastrar produtos para venda em sites como Magazine Luiza, Lojas Americanas, Submarino e Mercado Livre”, pontuou.


“Quem ajuda, vende mais”

Esta é uma frase que Rapha Falcão costuma enfatizar em suas palestras. Ele lembra que, na internet, diferente do mercado tradicional, quando você oferece conteúdo as pessoas se conectam à proposta, geram uma "dívida" de gratidão e vão querer comprar da empresa.


“O público busca por dois motivos: educação e entretenimento. A empresa tem que ter esse conteúdo para depois fechar a venda. Com a pandemia, quem sai na frente é quem busca informação e conhecimento. Essas empresas terão um mundo de oportunidades quando tudo isso passar. Quem lida com Marketing Digital e vendas online, tende a ter mais e mais oportunidades”, concluiu Rapha.


Rapha Falcão destacou pontos importantes para os pequenos negócios trabalharem o digital durante a quarentena:

1 – Continue postando e mantendo sua presença digital nas redes sociais;

2 – Crie listas e roteiros de venda para trabalhar com e-mail marketing e canais como o Whatsapp ou Telegram;

3 - Produza conteúdos de valor. O seu conteúdo deve ajudar as pessoas;

4 – Faça lives nas redes sociais e estreite os laços com os seus clientes;

5 - Seu negócio precisa se posicionar neste momento;

6 – Tenha estratégias de persuasão como a exclusividade e a reciprocidade, que são gatilhos mentais importantes. Quanto mais conteúdo você oferece nas redes sociais, quanto mais você ajuda as pessoas, mais as pessoas vão ter uma dívida de gratidão e quando tudo isso passar, você será ‘Top of Mind’ do cliente;

7 – Trabalhe todo dia como se fosse Black Friday. Estoque parado é prejuízo!

8 – Não se esqueça da constância. Poste uma vez por dia nas suas redes. Deixe o seu site atualizado!

9 - Simples é mais. Essa crise é uma oportunidade de aprendizado e para inovar o seu negócio;

10 – Desacelere! Aproveite para estar mais próximo da sua família. Ter tranquilidade vai te ajudar a enxergar novas possibilidades de negócio.

VejaTambém


comments powered by Disqus